Em comemoração a semana de aniversário da minha madrinha, Tia Marlene, o post de hoje é em homenagem à ela: uma pessoa animada, destemida, de personalidade forte, com o coração enorme e, acima de tudo, bem criativa!!! 🙂veroxybd.comkahovka-service.ru

Vendo que as crianças da igreja não queriam ficar na salinha que a elas era destinada (o que era super compreensível pq a sala mais parecia um depósito de móveis velhos, sem cor, sem vida…), minha Tia teve a brilhante ideia tornar esse espaço num ambiente mais colorido, divertido e funcional… E para fazer essa reforma chamou a família para ajudar… eu fui toda animada!!!

Esse aí foi móvel que a minha Tia mandou fazer (num marceneiro mesmo) é um banco grande com gavetões para guardar livro e os brinquedos das crianças… O móvel veio cru, sem tinta, sem verniz.

Como não tínhamos muitos tempo, tive a ideia de envelopá-lo com vinil adesivo colorido (o famoso contact!), por ser bem mais rápido do que pintar e por fazer menos sujeira também. Olha o antes e depois, não ficou bacana?!!!

antes.e.depois

Material:

imagePasso-a-passo:

Passo 1: Limpar o móvel (como o móvel já estava cru, só passamos um paninho para tirar alguma poerinha que poderia ter);

Passo 2: Colar o vinil adesivo:

– Pegue o rolo do vinil e coloque em cima da parte do móvel que deseja envelopar. Marque o tamanho do vinil que será preciso para cobri-la, deixando sempre uma sobra para não correr o risco de faltar vinil para cobrir alguma área.

– Retire a folha da parte de trás do vinil e comece colando pelas extremidades do móvel, escolhendo um sentido. Vai colando o vinil com cuidado e bem devagar (por partes, não cole de uma vez pq vai dar errado). Para ajudar a não dar bolinhas, use uma régua (ou espátula) para ir passando conforme for colando. (Dica: eu comecei com a régua mas no final mudei para um paninho de malhar. Foi melhor para além de não arranhar o vinil, deslizava com mais facilidade).

Passo 3: Depois que toda a área foi envelopada com o vinil, sobrou vinil nas extremidades… Então, é só pegar a lixa de unha para “cortar” as sobras. Faça sempre no sentido de cima para baixo, assim não corre o risco de descolar o vinil.

image

No caso desse móvel, eu só envelopei a frente das gavetas e a parte de cima do banco. Não havia necessidade de envelopar a parte de dentro das gavetas… e o contraste da madeira com o vinil ficou bem legal!

Espero que tenham gostado… Eu amei fazer… deu vontade de sair envelopando tudo…rs.

Bjos da Jú

imagine